Fimose e Postectomia em Adolescentes e Adultos

O prepúcio é a pele que recobre a cabeça do pênis(glande). A fimose ocorre quando essa pele impede a exposição da glande do pênis por conta de um anel fibroso que está presente no prepúcio.

A grande maioria dos meninos nascerá com uma aderência entre essa pele chamada prepúcio e glande do pênis. Essa é também a chamada “Fimose fisiológica”. Ela tende progressivamente a desaparecer ao longo do crescimento da criança, e deve ser acompanhada pelo médico, que é capaz de orientar sobre os cuidados básicos necessários para higiene local. Parece haver uma estabilização da melhora da aderência por volta dos três anos de idade. Leia mais sobre cirurgia de postectomia e fimose em crianças clicando aqui: Fimose e Postectomia em crianças.

Mas, e nos adolescentes e adultos? Será que passada a infância os adultos podem ficar despreocupados com o excesso de pele no pênis?

A fimose e excesso de pele prepucial são duas condições discretamente diferentes. Enquanto na fimose existe um anel prepucial que impede a exposição adequada, manipulação e higiene da glande, no excesso de pele a exposição da glande ocorre sem dificuldades. 

A) FIMOSE NO ADOLESCENTE E ADULTO JOVEM

Nos adolescentes e adultos jovens que não foram submetidos à postectomia na infância, pode sim ocorrer a presença tardia do anel de fimose, dificultando higiene e atividade sexual. Nesse caso a cirurgia de postectomia está indicada. fimose adultos

Anel de fimose em pênis adulto dificultando exposição e higiene adequadas da Glande

B) EXCESSO DE PELE PREPUCIAL EM ADOLESCENTES ADULTOS JOVENS

O simples excesso de pele sobre o prepúcio, com exposição da glande e sem prejuízo à atividade sexual NÃO CONFIGURA  indicação cirúrgica.

No entanto, o aumento da temperatura e umidade que esse excesso de pele proporcionam podem levar a infecções locais principalmente fúngicas, as chamadas BALANOPOSTITES.

balanopostite em adultos

Os primeiros episódios de balanopostites podem ser tratados clinicamente. No entanto, em caso de balanopostites de repetição, além do tratamento local, deve -se realizar a cirurgia de correção do excesso de pele para impedir a persistência dos fungos naquele ambiente propício para retorno das infecções. 

Nesses casos em que o tratamento clínico não tem mais efeito, além da cirurgia, convém avaliar a glicemia sangúinea em busca de Diabetes, outra condição que pode piorar os quadros de infecções de pele. 

A cirurgia de fimose dos adultos

Diferentemente das crianças, em que a cirurgia deve ser realizada sob anestesia geral, a cirurgia nos adolescentes e adultos pode ser realizada sob anestesia local apenas e com rápido retorno às atividades diárias, como escola, faculdade ou trabalho. A técnica cirúrgica é basicamente a mesma, em que se retira o excesso de pele prepucial e pontos absorvíveis ( que caem sozinho) são dados para terminar a cirurgia. O curativo não impede a micção e as atividades. 
A recuperação completa se dá por volta de 15 dias.

 fimose4

Passos básicos de postectomia: retirada de pele e pontos de sutura. 

  • Acessos 48447

Uropediatria

Agendar consulta

Dr. Bruno Cezarino - Todos os direitor reservados.

Site desenvolvido por Agência Digital Glogs