Agende sua consulta (011) 3159- 1921 / (011) 3129-3416 / (11) 98866-0495

              

For up to £250 Bonus for sports, use our exclusive bet365 Bonus www.abonuscode.co.uk Claim your bonus and start betting at bet365 now.

Criptorquidia e orquidopexia

A criptorquidia é a ausência do testículo da criança na bolsa testicular, também chamado de testículo não descido. Durante o desenvolvimento fetal, antes do nascimento, os testículos se localizam dentro do abdome ( onde se desenvolvem) e ao longo do terceiro trimestre de gestação, ou seja, logo antes do nascimento, os testículos percorrem um trajeto pelo canal inguinal e se fixam na bolsa testicular.

criptorquidia
Bolsa testicular vazia, sem testículos

O exame físico inicial da criança após o nascimento pode detectar o problema pela simples palpação do escroto notando a ausência de um ou mais testículos na bolsa. Eles podem ser palpados na posição escrotal alta( na bolsa mas mais elevados), no trajeto inguinal( fora da bolsa mas próximos ao escroto) e podem não ser palpados.

Bebês prematuros têm grande chance de nascer com criptorquidia( até 30% dos bebês) principalmente pelo fato da descida do testículo não se completar antes do nascimento.

Na grande maioria dos casos os testículos completam sua descida em direção ao escroto em até seis meses. Por esse motivo nenhum tratamento cirúrgico é necessário nos primeiros seis meses de vida da criança!

Quais os princípios de tratamento na criptorquidia?

Em caso de não descida do testículo para o escroto após os seis meses, um tratamento cirúrgico é necessário para fixar o testículo em sua posição. Este tratamento deve ser completado antes de dois anos de idade.

criptorquidia 2A base do tratamento do testículo criptorquídico está em um exame físico pormenorizado, geralmente realizado com a criança anestesiada, para facilitar a localização do testículo. Grande parte dos testículos criptorquídicos se localizam no canal inguinal, portanto palpáveis ( 85%) . O restante está localizado ainda no abdome.

Em caso de testículo palpável na região inguinal é realizada uma cirurgia por inguinotomia, ou seja, abordagem na região baixa próximo ao escroto e diversas manobras são realizadas para recolocação do testículo em seu lugar.

 

exame fisico criptorquidia

testcadculo abdominalNo caso de testículos não estarem no canal inguinal após o exame sob anestesia, é necessário uma cirurgia minimamente invasiva ( laparoscopia) para localização e mobilização dos testículo em direção ao escroto. Este procedimento pode ser realizado em um tempo único( orquidopexia laparoscópica) ou em dois tempos ( cirurgia de Fowler – Stephens) em que inicialmente alguns vasos sanguíneos do testículo são ligados, favorecendo o surgimento de novos vasos sanguíneos com irrigação direta pelo ducto deferente, facilitando a mobilização do testículo na segunda cirurgia.

Quais os problemas relacionados à criptorquidia?

O testículo que se desenvolve fora do escroto apresenta alterações crônicas que podem levar à infertilidade( diminuição do número de espermatozóides) quanto a uma chance aumentada de tumores do testículo. A boa notícia é que se o tratamento cirúrgico se completar até os 2 anos de idade os riscos de infertilidade e de câncer de testículo quase se igualam aos da população normal!.